FECHAR X
Fale Conosco
Av. Professor Frederico Hermann Júnior, 622
Alto de Pinheiros - São Paulo/SP
Ver mapa

Menos é mais: o charme do minimalismo.

 Publicado por Equipe Casa Portoro em   06/04/2018
Postado na categoria Decoração

Com espaços cada vez menores, o estilo minimalista vem conquistando ainda mais adeptos. A opção por um estilo de vida mais simples, que prioriza apenas o essencial, reflete um momento onde a busca pela leveza torna-se um alívio, um conforto para a rotina pesada e estressante. É importante lembrar que espaços mais vazios não necessariamente significam lares menos calorosos. A ideia é pensar em lares mais afetivos, que priorizem o convívio.

A expressão minimalismo teve origem junto com outros movimentos artísticos do século XX que priorizavam o uso de elementos fundamentais em sua base de expressão e influenciaram, inicialmente, as artes visuais e, em seguida, o design. O estilo acabou  crescendo e atingiu também a arquitetura e, finalmente, dando origem ao termo minimalista.

Para quem trabalha com decoração, o maior desafio é deixar o ambiente funcional, agradável e aconchegante, usando poucos elementos. A seleção do que entra na casa e do que permanece, é muito mais criteriosa. Mais que descartar os excessos, os itens que ficam devem ter função, qualidade e apelo estético.

Entre todos os estilos de decoração, o minimalismo é o que mais valoriza a luz natural. A iluminação precisa invadir a casa por completo. Por essa razão, grandes vãos são necessários, além de cores claras e neutras na estrutura.

O branco é a cor principal e ela quase sempre é a base de um ambiente minimalista. Não se trata de uma preferência apenas estética, essa cor funciona muito bem como difusor de luz natural. Outros tons neutros como off-white, bege e cinza.

A organização deve ser criteriosa, apenas os itens que têm função, qualidade e beleza permanecem. Deste modo, a limpeza visual resulta em ambiente livre de excessos, organizado e harmônico.

CASA PORTORO © 2020 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por